Objetivos e conclusões do +Telecentros

Entenda a forma de atuação do projeto voltado a educação, tecnologia e cultura pela inclusão digital

O Projeto +Telecentros: Educação, Tecnologia e Cultura pela Inclusão Digital surgiu de uma parceria entre o Ministério das Comunicações e o campus Sorocaba da Universidade Federal de São Carlos.

Ele parte do princípio que as políticas públicas de inclusão digital, aliadas às tecnologias associadas à Internet, são meios capazes de promover a democratização do acesso ao conhecimento.

“Ao entender a inclusão digital não apenas como capacitação para o uso técnico de ferramentas e equipamentos, mas sim como o aumento do grau conectivo entre pessoas, é preciso problematizar outras questões que situam esses espaços como facilitadores da interatividade”, explica a Profª Dra. Teresa Melo.

“Por exemplo – como se dá a acessibilidade para portadores de deficiência nesses lugares? Assim, uma vez que este Projeto foi pensado de maneira a ir ‘para além’ do que inicialmente estava desenhado para os Telecentros, chamou-se +Telecentros – ou seja: quais outras questões estariam envolvidas com o cotidiano das pessoas que estão sendo incluídas digitalmente? O que MAIS além disso?”, completa.

Foram definidos como principais objetivos do Projeto promover a colaboração nos processos de constituição de rede entre atuais e potenciais parceiros dos programas de inclusão digital do Governo Federal, desenvolver estudos e pesquisas que produzam conhecimento relacionados às questões de educação, tecnologia, cultura e sustentabilidade pela inclusão digital e promover eventos para articular parcerias e socializar conhecimentos produzidos entre os CRAS (Centros de Referência da Assistência Social), os CRCs (Centros de Recondicionamento de Computadores) e os Telecentros.BR.

Para isso, seus integrantes foram divididos em cinco Eixos de trabalho, que pretendem, individualmente, produzir debates e materiais que possam ampliar a concepção de inclusão digital corrente. São eles:

Eixo CRAS: voltado aos Centros de Referência de Assistência Social, tem seu foco na criação de um relatório orientador para a implementação da Rede CRAS Telecentros em âmbito nacional, cujo projeto piloto ocorreu em dez unidades das cidades de Itaguaí, Piraí, Quatis, Valença e Volta Redonda, no Rio de Janeiro. Também fez parte desse Eixo a realização de dois encontros locais para troca de experiências entre funcionários e membros de secretarias.

Eixo Tecnologias Móveis: com foco na utilização do telefone celular como auxílio de comunicação entre os CRAS e seus usuários, a equipe desenvolveu e implantou, em projeto piloto, o aplicativo SMS Social, que ampliou as possibilidades de diálogo dos Centros de Referência de Assistência Social com seu público.

Eixo Acessibilidade: o grupo buscou entender as ações realizadas em órgãos do Governo Federal e demais instituições sobre acessibilidade em telecentros. Realizou em março de 2013 o Seminário de Inclusão Digital e Acessibilidade, evento que reuniu gestores públicos e sociedade civil no Ministério das Comunicações, em Brasília, para discutir como investimentos em inclusão digital influenciam a vida de pessoas com deficiência.

Eixo CRCs: o objetivo central foi a promoção de uma rede nacional entre os Centros de Recondicionamento de Computadores, visando a integração de suas práticas e concepções.

Eixo Lixo Eletrônico: com base no aumento crescente do lixo produzido pela indústria da informática, o núcleo buscou a realização de um mapeamento das ações envolvendo o descarte de resíduos sólidos no Brasil, assim como a realização do Seminário de Inclusão Digital e Lixo Eletrônico, em março de 2013.

Para a realização das ações do Projeto +Telecentros foi constituída uma equipe multidisciplinar, composta por docentes e estudantes da Universidade Federal de São Carlos – Campus Sorocaba, pesquisadores e ativistas da inclusão digital.

Todas as ações e pesquisas realizadas no período de dezembro de 2011 até dezembro de 2013 estão documentadas neste website, subdividas entre os Eixos já citados.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *